Pular para o conteúdo

Ele voltou!

Ele está de volta! Um dos poucos seres a quem respeito incondicionalmente anuncia que, depois de 10 anos, lançará novo filme durante o Festival de Cinema de Roma. Sim... Francis Ford Coppola, o retorno.


Ele voltou! Ele está de volta! Um dos poucos seres a quem respeito incondicionalmente anuncia que, depois de 10 anos, lançará novo filme durante o Festival de Cinema de Roma. Sim... Francis Ford Coppola rides again!


O filme é Youth without Youth e foi rodado durante 18 meses na Romênia. A história se passa pouco antes da  II Guerra Mundial e traz no elenco o ator Tim Roth interpretando um professor que, após ser atingido por um raio, conquista o direito ao rejuvenescimento e ao aumento da inteligência, o que incomoda os nazistas. Estamos falando de uma adaptação do romance do filósofo romeno Mircea Eliade, reconhecido sobretudo por sua obra acerca das religiões.


Antes que toda crítica venha a dizer maravilhas ou jogue tomates no novo filme do diretor americano, quero dizer que adoro o fato dele voltar a dirigir. Alguém que tenha feito Apocalipse, a trilogia O Poderoso Chefão, Vidas Sem Rumos, O Fundo do Coração, O Selvagem da Motocicleta etc etc etc... que tenha feito Sofia Coppola... pode fazer qualquer coisa que eu libero.


Sei, contudo, que não será qualquer coisa porque o pior Coppola é melhor que 95% de tudo o que é exibido nos cinemas do mundo.


Hoje chove muito e Curitiba está ainda mais cinza que seu habitual estado. Mas Coppola vai lançar um filme novo e isto é muito animador. Ainda que eu já imagine a longa espera que teremos até o lançamento nos oniprepotentes multiplex nacionais.







Obs.: O Cinema Novo Batel anuncia inusitada retrospectiva do cineasta Jim Jamursch, total ícone dos anos 80. De 18 a 24 de maio o filme Estranhos no paraíso será exibido em duas sessões. Às 14h30min e 21 horas. Algo estranho no ar... isso nunca acontece por aqui. Vale a pena ver se este filme resiste ao tempo. Lembro que gostei mais de Down-by-law, do mesmo diretor. E de qualquer forma, a célebre trilha de John Lurie sempre vale a pena numa tarde de chuva.

Publicado em Categorias Sem categoria