Pular para o conteúdo

Horta auto irrigável da Greenleaf, com iluminação para fotossíntesse

Como há pouco o que se pode controlar hoje sigo empenhada naquilo que depende majoritariamente da minha dedicação. Na minha imersão verde. Sou daquelas que seguem o isolamento social à medida do possível. E meu possível é bem amplo. Isto dito... passo muito tempo de pijama ou em roupas "de ficar em casa", o que era desconfortável para lidar com minha velha e linda horta de temperos localizada em área coletiva do meu prédio, como mostra a foto abaixo.

Há menos de um mês localizei pessoa interessada na minha estante e propus a troca por uma horta Greenleaf. Bingo. Eis que agora tenho em minha cozinha este equipamento autônomo em termos de iluminação e auto irrigável. Basicamente se cuida sozinha. Um milagre do hoje tão questionado dueto ciência e tecnologia.

Manjericão, manjerona, alecrim, sálvia, tomilho e hortelã à mão, prosperando cheios de viço no canto mais escuro de minha cozinha.