Pular para o conteúdo

Paralamas na Caloi 100. É possível, sim

Com a coluna em pandarecos e sofrendo muito para andar em bicicletas estradeiras ou em MBs, há uns anos decidi comprar uma destas bikes de cidade. Conforto, chamam. As opções não eram diversificadas e optei pela Caloi Sport 100, da foto abaixo.

Confortável é, mas como sempre a indústria acha que todas as mulheres do mundo apreciam a cor rosa. Eu não. Então há pouco mais de um ano decidi pinta-la de preto e assim o fiz. Só que, depois de pintada, achei também que para andar na cidade deveria colocar paralamas na bicicleta. Ficaria mais protegida da chuva e, confesso, a deixaria mais elegante.

Começou o calvário em busca de um paralamas. Fui em praticamente todas as bicicletarias de Curitiba. Procurei na internet. Liguei para uma super loja em São Paulo e a resposta sempre foi a mesma: "o quadro desta Caloi não permite a colocação de paralamas. A não ser aqueles em plástico, que ficam presos no canote do selim" (horrorosos). Um ano nesta ladainha.

Sou chata. Pensava que a humanidade tem esta coisa irritante de dizer "não" sem nem ao mesmo tentar. Nunca qualquer dos "especialistas" em bike sequer imaginou ou propôs que uma adaptação aqui ou ali poderia me fornecer o que eu queria.

Não existe mais aquele cara que dava um jeito para as coisas funcionarem. Tudo o que querem hoje é trocar peça. Encaixar peça pronta. Só. Desafios para quê? Nem pra me esfolar no preço arriscaram.

Esta semana falei com o Marcelo Rudini, do Bikers Brasil e Onde Pedalar, pelo chat do Facebook e contei meu calvário. Conhecedor das lojas do país inteiro, pelo visto, me indicou uma ida na Agência Bicicleta. A resposta a minha demanda foi como se eu tivesse pedido a coisa mais banal do mundo. Sem questionamentos o atendente buscou os paralamas (marca DS, modelo para Barra Circular), deu o preço (R$ 30 com mão de obra incluída), e pronto. Escolhi a cor e marquei de levar a bike no dia seguinte.

O resultado? Ficou elegante demais! Muito melhor do que eu esperava.

Como foi feito:

Um adaptador (que depois eu pintarei de preto) para fixar o paralama na roda traseira
Uma haste para a fixação...
E mais um adaptador plástico para a parte inferior traseira do mesmo paralama
Um pequeno furo no garfo, a haste usual e...

Tá lá!! Era só isso. Não fica batendo e posso tirar e por o pneu sem precisar mover os paralamas.

De quebra ainda coloquei um "pézinho" e campainha.

E na bicicletaria chamou a atenção. "Que chic!", elogiou o dono de uma Fisher com câmbio Nexus e elegantérrima.

E em tempo: também não foi fácil achar quem pintasse a bicicleta. Quem fez pra mim foi o pessoal da House Bike (R. Lodovico Geronazzo, 68 - Boa Vista, Curitiba - 3357-6841).

7 comentários em “Paralamas na Caloi 100. É possível, sim

  1. AvatarLeonardo

    Gosto muito da Caloi 100, mas essa pintura preta e a ausência de adesivos deixou a bike ainda mais bonita.

    Os paralamas caíram como uma luva... parabéns!

    1. AvatarMMR

      Obrigada, Leonardo. A idéia do post é desmentir os "bicicleteiros" sobre a possibilidade de colocar paralamas na caloi 100.

  2. AvatarRicardo Scheicher

    Olá Marcia, estou tendo os mesmo problemas em encontrar paralamas para minha Caloi 10 antiga. Vou tentar telefonar na Agência Bicicletas e ver se eles conseguem me ajudar. Abraço.

  3. AvatarLeonardo - RJ

    Valeu pela postagem. E mais ainda pela insistência que, junto a providencial ajuda do Marcelo Rudini, com efeito sua bike ficou totalmente Paris! Ficou a cara das bicicletas européias (daquelas com o design mais moderninho).

  4. AvatarMauricio

    A Agência de Bicicleta é uma das lojas pioneiras de Curitiba. Me lembro quando ela era enorme, na visão de um piá. E vejo que com o passar do tempo, e as cocncorrências das novas, eles ainda prucuram dar um jeito para o cliente. Alguns anos atrás conhecia a Vi que é filha do dono da loja. Que bom que eles te resolveram a sua necessidade que por sinal ficou cycle chic.

  5. AvatarCARLOS

    Ola! Ficou de muito bom gosto sua bike, concordo com vc em genero, número e grau, ninguém se dispõe realmente a ajudar se não tiver tudo na mão, fazer?montar?criar?que isso? até as chamadas customizações só se for no padrão deles, nada de inventar.
    Muito legal mesmo vc deu mais um incentivo a quem realmente quer algo a sua moda

Os comentários estão fechados.