Finalizando a bike

Uma bicicleta com paralamas tão bonitinhos não poderia deixar de ter um bagageiro. Consegui um que achei interessante e deu certo. Levei na mesma bicicletaria que pintou o quadro de preto.

Vim pra casa bem feliz da vida, devagar pra bike não despencar desta geringonça (geringonça é o rack, não o carro… quer dizer…).

Ficou muito bacana.  Cheguei em casa e pendurei uma bolsa que tinha ao menos até encontrar algo mais legal, mas já fiquei satisfeita com o efeito.

Spa Container

Queremos fazer uma academia aos fundos de casa. Um lugar para colocarmos os equipamentos de ginástica que hoje ocupam espaço que não o deles. E que fique mais agradável fazer exercícios.

Não queremos obra demorada (pleonasmo vicioso) e nem sujeira em exagero. A solução é um container. Há exemplos lindos e sofisticados mas acho que, da minha parte, quero tão somente isso:

Ok. Algo assim…

Mas não precisa chegar a este nível de transformação:

Márcia Maria e as Paredes

Eis que terminamos a parte “grossa” da nossa sala e agora faltam o que eu chamo de personalizações. Há duas sugestões para a parede que circunda a lareira. Povo externo vota em papel de parede. Nós pensamos em dois enormes quadros. Vários pequenos quadrinhos ou outros adereços não nos interessam pois estamos em uma fase de “limpeza”  na área comum, deixando as personalizações em um ou outro detalhe histórico que trouxemos ou herdamos ao longo dos anos. Maiores  viagens particulares estão reservadas às “cabines” individuais.

O caso é que  está difícil acharmos dois trabalhos bacanas (e financeiramente cabíveis) para colocarmos ali. Any sugestions?