Pular para o conteúdo

2

A idéia inicial era colocar um piso vinílico dos que se vê em academias. Só que o compensado naval venceu e hoje tivemos certeza da escolha acertada que fizemos.

IMG_0803

E no mais... apenas o paisagismo andando. Palmeiras, grama e umas outras coisinhas já plantadas:

IMG_0797

IMG_0794

1

Dia de muita canseira. Muito interfone, muito homem circulando, muito barulho, muita sujeira, um pequeno incidente e alguma polêmica. 17h15min, felizmente, tudo sanado.

Está uma lambança mas não exatamente por culpa do container. Hora do jardim. Algumas plantas, grama e terra chegaram...

IMG_0784

A grama antiga foi retirada e uma drenagem "espinha de peixe" começa a ser elaborada.

IMG_0790

Finalmente os cachorros terão um espaço deles, sem bagunça nas calçadas e impertinências com as visitas. Uma cerca de fora a fora do terreno.

IMG_0793

E o container, finalmente, ganhando cor.

IMG_0787

E também já alguns acabamentos, dentro e fora.

IMG_0789

Como escrevi acima, esta postagem não tem tanto a ver com o container exatamente mas como algumas pessoas escrevem comentando o desenrolar da obra é bom que saibam que os trabalhos não se encerram nos "caixotes". Há todo um entorno que pode ser mais trabalhoso...

Os trabalhos evoluem por aqui. Platibandas colocadas, a despeito de minha preferência pelas telhas expostas.

IMG_0779

Aqui no detalhe:

IMG_0780

E piso sendo lixado.

IMG_0781

Teremos alguma correção nos veios mostrados abaixo mas a idéia é que a "história" do container fique à mostra. Sem botox. Ressalto que deixar este piso em compensado naval é uma opção nossa. O container aceitaria de vinílico a mármore aquecido. Qualquer coisa.

IMG_0782

Novo balanço:

  1. Telhado
  2. Terminar Colocar a platibanda
  3. Terminar revestimentos banheiro
  4. Forro (dry wall)
  5. Lixar e selar o piso
  6. Pintar internamente e retocar externamente
  7. Esquadrias (portas e janelas)
  8. Instalar iluminação
  9. Instalar louças e metais

E quem quiser ver a Casa em Container que será inaugurada amanhã num condomínio aqui de Curitiba e feita pela mesmo time da nossa academia... clique aqui.

1

E cá estamos na reta final mesmo. Hoje chegaram as telhas e colocaram o telhadinho rapidamente.

IMG_0774

Como havia explicado anteriormente, tudo aqui vira sanduiche de isopor. E antes que venham me torrar que isopor leva trezentos mil anos para decompor... ótimo. É pra não decompor mesmo. Pra manter-se no telhado eternamente, se possível. Não será descartado na natureza, tá?

Detalhe abaixo:

IMG_0773

Ficou pronto, só falta a platibanda. Aliás, Pedro, o engenheiro, riu quando telefonei em edição extra para saber sobre a utilidade da tal. Respondeu que para esconder o buraco da telha. E eu: "mas eu achei tão bonitinho o buraco deixando o telhado à vista". Não vou levar, é claro.

IMG_0778

Obs.: calçada em volta dos containers feita, piscina limpa e aquecida e encanamento da cisterna de aproveitamento da água da chuva ok.

1

IMG_0770

Tenho a impressão que certos processos desaceleraram e até compreendo. Como as esquadrias só serão entregues lá pelo dia 19 ou 20, parece que tudo o mais perdeu a urgência. Ai o banheiro não terminou, o piso externo idem, o telhado não chegou... O cronograma da obra (e de todos os envolvidos) se adaptou ao prazo imposto por sua magestade esquadria. Até eu dispensei os serviços de um prestador que viria aqui em casa amanhã (sábado).

Mas a obra está mais limpinha, vejam lá em cima. A piscina funcionando, sofrendo tratamento de choque e sendo filtrada. Na segunda virão lavar bordas e aspirar, além de dar aulinha para nós e o "piscineiro".

IMG_0765

As pedras limpas e rejuntadas dão outra vida. Aliás, esta é Vida, a primeira "pessoa" a pisar no trabalho do dia.

Falando em piso, já mencionei que vamos aproveitar o compensado naval que serve de piso ao container. Na semana que vem o "pobre" será lixado, emassado e nele será passado um produto que eu não sei qual é. Deve ser algo como Osmocolor.

Abaixo a academia mais liberada da bagunça e um destaque do piso.

IMG_0766

E o banheiro andou...

IMG_0768

 

1

Como imaginava, as esquadrias só ficarão prontas em 10 dias, exatamente o prazo que mencionei no post anterior.

Gostamos da visão do pergolado a partir do local em que será a "salinha".

IMG_0762

Avanços do dia: forro e banheiro

IMG_0761

IMG_0760

Novo balanço:

  1. Telhado
  2. Terminar Colocar a platibanda
  3. Terminar revestimentos banheiro
  4. Forro (dry wall)
  5. Lixar e selar o piso
  6. Pintar internamente e retocar externamente
  7. Esquadrias (portas e janelas)
  8. Instalar iluminação
  9. Instalar louças e metais

Final da tarde e todos já se foram. Hora de dar uma geral. Olhando assim de longe, e descontando a imundice da água, o desenho final começa a ser reconhecido.

IMG_0750

No detalhe vemos que o pergolado está ok e a platibanda começou a ser instalada as calhas já foram colocadas.

IMG_0752
Frente...
IMG_0753
...verso

A foto acima já mostra a parte externa do ar-condicionado colocada, e a próxima marca a espera para o split tão logo a pintura seja feita.

IMG_0756

IMG_0755

De qualquer forma, a fiação para luminárias e interruptores está feita e a caixa de luz (detalhe) 100% funcional.

Balanço do que falta?

  1. Telhado
  2. Terminar Colocar a platibanda
  3. Revestimentos banheiro
  4. Forro (dry wall)
  5. Lixar e selar o piso
  6. Pintar internamente e retocar externamente
  7. Esquadrias (portas e janelas)
  8. Instalar iluminação
  9. Instalar louças e metais

Nos meus cálculos: 10 dias!

Dias sem postagens. A obra não parou, ocorre que entramos numa fase "moita"... em que parece que as coisas não estão andando mas estão sim.

As paredes estão todas revestidas e emassadas, só aguardando pintura. Enquanto isso as instalações elétricas, incluindo pontos de luz, são feitas.

IMG_0749

Lembram do projeto, com o pergolado em vermelho?  Serralheiro chegou para afixa-lo. Vai ficar bom, acho.

IMG_0744

Enquanto não fica pronto, uma curiosidade. Os containers chegam com "certidão de nascimento". Em tese, se eu tivesse interesse poderia rastrear as suas andanças? Melhor não. Isso vai na linha revistar bolso do marido e não sou destas. Aquilo que não sei, não me incomoda.

placa

Os feriados de Natal e Ano Novo deram uma inevitável desacelerada no processo de finalização dos containers. Até onde o trabalho dependia apenas de mão de obra contratada foi tranquilo, mas as empresas terceirizadas responsáveis por esquadrias, telhado, pedras etc... estas entram em férias coletivas e ai "danou-se".

4

Mas mesmo assim a coisa andou.

Hoje os containers estão recebendo os revestimentos. Como já disse alguns posts atrás, as paredes recebem três camadas para proteção térmica e acústica:

5

Antes, claro, é preciso fazer a instalação hidráulica, visto que os canos da elétrica já estão colocados.

6

Escrevo aqui de Londres para onde viajei com o único objetivo de assistir aos jogos do torneio de Wimbledon que, como todos sabem, é o mais tradicional do circuito, o mais chique dos quatro campeonatos do Gran Slam.

Escrevo aqui de Londres para onde viajei com o único objetivo de assistir aos jogos do torneio de Wimbledon que, como todos sabem, é o mais tradicional do circuito, o mais chique dos quatro campeonatos do Gran Slam. Entre um jogo e outro, e as muitas pausas por conta da chuva que todo ano cai insistentemente aqui no complexo do All England Tennis Club, sento à mesa para saborear minha taça de morangos com nata e escrever.

Quem me dera isso fosse verdade. Dou-me por satisfeita por poder ser assinante da Net e, desta forma, assistir a alguns jogos no Sportv. Não completamente satisfeita, claro. Na verdade gosto mais das transmissões de tênis da ESPN mas eles não tinham os direitos sobre este evento. E também não muito satisfeita porque eles preferiram transmitir o jogo Sharapova x Sugiyama ao embate Mauresmo x Santangelo. Tudo bem que Sharapova é a segunda do ranking da WTA e é a musa do momento (reinado estético sob séria ameaça da sérvia Ana Ivanovic), mas a francesa Amelie Mauresmo é quem está defendendo o título em Wimbledon, já que ganhou no ano passado.

Ok, aceito que o "produto" Sharapova venda mais e reconheço que a montagem da grade de transmissões foge completamente ao meu controle. Tenho então outras duas escolhas:  comprar o pacote pay-per-view ofertado no próprio site da competição por $24,99 euros ou deixar de delirar, como no início deste texto, e bancar uma viagem que custaria, por baixo, uns 20 mil euros incluindo passagens, estadia, alimentação e alguns ingressos para as quadras central e 1.

Por qual vou optar? Hummmmmmmmmm acho que vou me contentar em escrever pra minha velha amiga e colega Janaína Tupan Frare, da produção do Sportv, e perguntar como é feita a escolha dos jogos a serem transmitidos. E pedir que Maria Esther Bueno faça mais intervenções.

Tênis na TV é complicado de assistir e comentários sobre bastidores, com um pouco de gossips vão bem.

 


*O Tennis Elbow, doença comum em tenistas, é uma inflamação dos tendões de alguns músculos responsáveis pela extensão do punho e dos dedos. Estes músculos se inserem em uma região do úmero (osso do braço) chamada Epicôndilo Lateral, por isso também é chamada de Epicondilite Lateral.
Sintomas:
Ao sofrer de Tennis Elbow, o tenista sente dores repentinas (às vezes graduais) no cotovelo, sendo que essa dor pode se propagar para o antebraço. Além disso:
- Dificuldade para pegar objetos;
- Dor, rigidez ou insuficiência nos movimentos da mão e do cotovelo.

Obs.: não sofro de Tennis Elbow... tenho mesmo é dor de cotovelo por não estar lá.