Entre ignóbeis e trojans

Não bastasse o cada vez mais curto tempo para cumprir as cada vez mais infindáveis demandas, eis que agora me chega todos os dias, mais de uma vez por dia, o tal JS/Fortnight.D

A pressão do mercado, dos clientes, minha própria e do chefe ganhou um aliado poderoso no processo de me fazer enlouquecer. Ou, pra usar um termo muito lembrado quando nos falta diagnóstico melhor, me “estressar”.


Não bastasse o cada vez mais curto tempo para cumprir as cada vez mais infindáveis demandas, eis que agora me chega todos os dias, mais de uma vez por dia, o tal JS/Fortnight.D, trojanzinho calhorda que me obriga a parar tudo o que estou fazendo, limpar os arquivos, entrar no regedit, limpar assinaturas, limpar policies e remover as urls pornográficas que se instalam em meus favoritos…


Estas tarefinhas, listadas tão sucintamente aqui, têm consumido entre duas a três horas dos meus dias (considerando apenas o notebook e não meu desktop). A irritação que tais impostores me impõem são talvez responsáveis por mais uma hora de prejuízo do meu tempo, período que levo para me acalmar, além de um agravamento da minha gastrite, um aumento considerável dos níveis de nicotina, alcatrão e cafeína no meu sangue e órgãos. Isto sem contar no desgaste emocional que este martírio me aflige ao me colocar em confronto direto com aqueles que esperam mais produtividade desta que aqui escreve numa tentativa de exorcisar os demônios.


Não sou defensora da criminalidade, de jeito algum, mas consigo entender a motivação dos invasores de bancos online em busca de senhas e golpes grandes ou pequenos. Terão um lucro. Até posso compreender o hacker que picha sites que considera, ingenuamente, “a cara” do new-capitalismo-globalizado. Confesso que até dou risada quando leio em algum jornal que roubaram a senha do Bill Gates ou algo do gênero.


Mas pelamordedeus!!!!! O que esta pobre e humilde jornalista-assalariada-terceiro-mundista tem a ver com tudo isso? Qual o mote do imbecil que nada mais tem a fazer a não ser criar vírus, trojans e coisas do gênero? Meu desespero o alivia em algo? O acúmulo ainda maior de trabalho em minha mesa, e-mail e arquivos de alguma forma purga as culpas e revoltas do ignóbil?


Alguém por favor, me explique.


P.S.: Desculpem se foi com o JS/Fortnight.D